Rondônia, 21 de Fevereiro de 2018

Você comprou imóvel novo e a construção já apresenta problemas? O que fazer?

É difícil quem não goste do cheiro do novo. Ainda mais se for de um apartamento novo. Agora, se o odor for de infiltração ou mofo, nada feito!

A entrega de imóveis pelas construtoras é uma obrigação de resultado que garanta solidez, segurança e a sua razoável durabilidade. Por isso, a vistoria é fundamental na hora que a construtora entrega o imóvel, sendo necessário que haja a checagem do que foi prometido e executado pela empresa.

É considerado comum, na maioria dos casos, encontrar vícios e defeitos em novas construções. Há uma diferença técnica entre eles:

Vícios, segundo o manual “Saúde dos Edifícios” do CREA-SP (Conselho Regional dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos), são “falhas que tornam o imóvel impróprio para o uso, ou lhe diminuem o valor”. Por exemplo: material diferente do que consta no memorial descritivo, falta de espelhos nas instalações elétricas, vazamentos evidentes, etc.

É difícil quem não goste do cheiro do novo. Ainda mais se for de um apartamento novo. Agora, se o odor for de infiltração ou mofo, nada feito!A entrega de imóveis pelas construtoras é uma obrigação de resultado que garanta solidez, segurança e a sua razoável durabilidade. Por isso, a vistoria é fundamental na hora que a construtora entrega o imóvel, sendo necessário que haja a checagem do que foi prometido e executado pela empresa.

É considerado comum, na maioria dos casos, encontrar vícios e defeitos em novas construções. Há uma diferença técnica entre eles:

Vícios, segundo o manual “Saúde dos Edifícios” do CREA-SP (Conselho Regional dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos), são “falhas que tornam o imóvel impróprio para o uso, ou lhe diminuem o valor”. Por exemplo: material diferente do que consta no memorial descritivo, falta de espelhos nas instalações elétricas, vazamentos evidentes, etc.

Fonte: Blog Cassolelima.adv.br

Publicidade

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade

Mais Lidas

SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES