Rondônia, 21 de Fevereiro de 2018

Corregedor-geral da Justiça em Rondônia faz visita institucional a comarcas do interior

Uma reunião com os juízes de Ariquemes, na tarde de terça-feira (06-02), marcou o início das visitas que o corregedor-geral do Tribunal de Justiça de Rondônia, desembargador José Jorge Ribeiro da Luz, realizará para cumprir a primeira agenda institucional da nova cúpula administrativa da Justiça rondoniense, em quatro comarcas do interior.

O objetivo principal das visitas aos magistrados do interior é o estreitamento das relações entre a administração e a base do Judiciário. Para o corregedor-geral, os laços de comunicação precisam estar ativos para que o trabalho ocorra com fluência e agilidade, finalidades da administração. “Tanto a presidência quanto a corregedoria caminham para buscar eficiência e alta produtividade na prestação jurisdicional”, lembrou José Jorge Ribeiro da Luz.

Ao se pronunciar sobre as visitas institucionais, o presidente do Tribunal, Walter Waltenberg, disse que “o diálogo é o primeiro passo para nortearmos nossas ações, que já estão traçadas nos planos de gestão, mas precisam ser consolidadas com o compromisso de todos”.

Os juízes da comarca de Ariquemes – Alex Balmant, Deisy Ferraz, Marcos Vinicius Oliveira, Edilson Neuhaus, Cláudia Faleiros Fernandes, Juliana Couto Martins e Marcia Masioli Morais – trouxeram contribuições e apontaram obstáculos que precisam ser superados, sugestões acolhidas pelos representantes do Poder Judiciário. “As ideias apresentadas no plano, principalmente o enfoque na tecnologia trarão, na prática, muitos resultados para os jurisdicionados. Estamos motivados a seguir essas diretrizes”, disse o diretor do Fórum de Ariquemes, juiz Alex Balmant.

A próxima comarca a ser visitada será Ji-Paraná, nesta quarta-feira, dia 07/02. Acompanham a comitiva o desembargador Walter Waltenberg, o juiz auxiliar da Corregedoria-Geral, Adolfo Naujorks, e a diretora do Departamento Correcional, Márcia Duarte da Silva.

Fonte: Assessoria de Comunicação Institucional – TJRO

Publicidade

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade

Mais Lidas

SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES