Rondônia, 14 de dezembro de 2017

Tribunal do Júri condena casal acusado de matar zelador

A 2ª Vara do Júri da Capital condenou ontem (4) casal acusado de matar, queimar e ocultar o corpo do zelador do prédio onde eles moravam, na zona norte de São Paulo. Pelo crime, ocorrido em 30 de maio de 2014, Eduardo Tadeu Pinto Martins foi condenado a 32 anos de reclusão, três anos e quatro meses de detenção, além do pagamento de 114 dias-multa; e Ieda Cristina Cardoso da Silva, a 23 anos de reclusão, quatro anos de detenção, e pagamento de 80 dias-multa.

Ao proferir a sentença, a juíza Flavia Castellar Oliverio negou aos acusados o direito de recorrer em liberdade, sob o fundamento de que haveria sério risco para a aplicação da lei penal diante da pesada pena aplicada a ambos. “Com efeito, nesta data, os acusados foram condenados por este Tribunal do Júri pela prática de delito de extrema gravidade, contra vítima maior de 60 anos, tendo demonstrado periculosidade exacerbada, indicando que sua liberdade coloca em risco a ordem pública.”

Processo nº 0009326-93.2014.8.26.0001

Fonte:  Comunicação Social TJSP – DI (texto) / AC (foto)

Publicidade

Os comentários são via Facebook, e é preciso estar logado para comentar. O comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Você pode ser denunciado ou até mesmo banido caso comente algo racista, incite o ódio gratuito ou poste spam.

Comente com o Facebook

Publicidade

Últimas Notícias

Publicidade

SIGA-NOS NAS NOSSAS REDES